Sobre os materiais fotográficos

 

Para a compreensão do registro fotográfico é necessário entender o fenômeno da fotossensibilidade

Fotossensibilidade é a propriedade que alguns compostos possuem de sofrer alteração após sua exposição à energia luminosa. Essa resposta pode ocorrer clareando ou escurecendo esse composto.

 

O clareamento dos pigmentos nas tintas após sua exposição à luz é que define a proibição do uso de flash na maior parte dos museus do mundo, por exemplo.

 

Em meados do sec. XVIII, descobriu-se a propriedade fotossensível do nitrato de prata e até hoje os haletos ( cloretos, brometos, iodetos) de prata, são os compostos fotossensíveis dos materiais fotográficos.Todos os sais de prata são sensíveis à luz, pois se decompõem em prata metálica finamente dividida e escura.

 

A suspensão desses haletos de prata em um colódio (gelatina) se chama emulsão.

 

A emulsão de todos os materiais fotográficos deve estar espalhada sobre uma superfície estável física e quimicamente, podendo variar o seu tipo, dependendo de sua previsão de uso ( filme ou cópia em papel, por exemplo ). Para essa superfície damos o nome de suporte e é sobre o suporte que a emulsão está fixa através de um substrato adesivo.

 

As emulsões fotográficas variam segundo seu tipo de sensibilidade à luz, sendo mais ou menos sensíveis à sua intensidade ou ainda segundo sua qualidade cromática, ou seja da sua cor.

 

No primeiro caso observa-se uma variação na velocidade com que obtém-se uma imagem latente no filme, ou seja, o quanto mais veloz ou demoradamente a ligação molecular dos halógenos de prata se instabiliza após sua exposição à luz. Se este efeito é veloz, significa que uma dose “fraca “ de luz é suficiente para criar imagem latente no filme,enquanto que no caso oposto, uma dose maior de energia luminosa deverá incidir sobre a emulsão pra provocar registro. A essa capacidade registro mais veloz ou não, nomeamos sensibilidade do filme. Ela é quantificada dentro de um sistema de medida: A.S.A ou I.S.O. .

 

Os filmes se diferenciam ainda segundo sua sensibilidade cromática em três tipos de emulsão:

 

   •emulsões cegas - sensíveis à cor azul, como alguns filmes para uso gráfico

   •emulsões ortocromáticas - sensíveis às cores azul e verde, como os papéis fotográficos PeB

   •emulsões pancromáticas - sensíveis à todas as cores, como a maior parte dos filmes e papéis fotográficos.