Extremos Cotidianos
“Extremos Cotidianos”

A proposta é uma itinerância da exposição intitulada "Extremos Cotidianos"do fotógrafo Antonello Veneri composta por 36 fotos coloridas em tamanho 30x45 cm divididas em conjuntos narrativos (polípticos). As imagens foram expostas anteriormente na Galleria Civica-Mart em Rovereto, Itália. Foram produzidas no no Nordeste do Brasil.

 

O fotojornalista italiano já expôs individualmente em instituições significativas no setor como o Museo di Arte Moderna e Contemporânea di Trento e Rovereto na Itália e o MFF - Museu de Fotografia de Fortaleza. Participou também de inúmeras exposições coletivas como "World Press Photo" 2019 na Itália que apresentou os melhores fotojornalistas contemporâneos daquele país. 

 

O texto que acompanhou sua mostra Galleria Civica-Mart descreve bem seu trabalho.

 

“A exposição “Extremos Cotidianos” reune parte do trabalho do fotojornalista Antonello Veneri retratando o resultado das suas andanças desde que chegou há 13 anos no Brasil. 

Para Antonello, o Brasil é feito de extremos: o amor e a morte, o sagrado e o profano, a beleza e a tragédia, o corpo e a alma, a ternura e a raiva, tudo isso anda sempre junto. E todos esses extremos precisam do seu oposto para se alimentar, portanto fotografar a relação desses contrastes cotidianos é fundamental, principalmente para demonstrar que a força de uma sociedade está nas diferenças e não nas semelhanças ou na condição social. "Sou um fotógrafo urbanoide” e a minha pesquisa foca na relação entre o indivíduo e a cidade. E durante estes anos, ele vem fotografando pessoas nas ruas, dentro das suas casas, penetrando nas vielas, becos, no centro e na periferia e mostrando de forma nua e bela a relação das cidades com a sua gente e da sua gente com ela, sem censura. O fotógrafo procura sempre o encontro com as pessoas em qualquer lugar. "As pessoas me convidam sempre para entrar nas casas delas e toda vez é emocionante ganhar este carinho, porque abrir as portas da sua casa é sinal de acolhimento”.

 

Desde que chegou no Brasil, Antonello optou por morar um tempo nos locais onde fotografa. Já morou nas periferias das cidades, como por exemplo no Complexo da Maré no Rio de Janeiro ou na comunidade do Solar em Salvador.

 

O período expositivo ocorrerá dentro da data prevista ( já reservada entre 23 de março e 9 de abril) no espaço expositivo da Biblioteca Nadir Gouvêa Kfouri - BNGK ). Será necessário contar com os painéis móveis pertencentes ao espaço expositivo para sua montagem.

 

A exposição na PUC SP ocorre em paralelo à mostra “Cartoline da Venezia” no Instituto Italiano de Cultura de São Paulo inaugurando uma via de aproximação com a referida instituição.

 

Abaixo está a biografia do autor acompanhada de referências.

 

Antonello Veneri, nasceu em Tione di Trento em 1973, é formado em literatura e história italiana. Jornalista e editor-chefe da revista Il Trentino (1999-2009) vive e trabalha no Brasil desde 2009. Publica regularmente em jornais e revistas nacionais e internacionais (National Geographic Itália, National Geographic Brasil, Le Monde, El Pais, Folha de São Paulo, La Repubblica, Il Corriere della Sera, Vice, Carta Capital, Yorokobu, ...). Suas imagens já foram publicadas em livros, exposições, museus e galerias (MAM, Museu de Fotografia da Bahia, Museu Pierre Verger, ...). Colabora com o Ministério da Saúde do Brasil (Fiocruz) e várias ONGs nacionais e internacionais. Desenvolve projetos de documentação social que narram através de suas imagens as histórias e o cotidiano dos subúrbios e invisíveis das principais cidades brasileiras.

Em 2014, ganhou o prêmio National Geographic "My Journey" pela melhor reportagem com um trabalho sobre Salvador da Bahia.

Em 2016, ele ganhou o Prêmio Persio Galembeck, foi finalista do Photodays Lugano e foi escolhido entre os melhores trabalhos fotográficos da Lensculture Street Photography.

Em 2017, ganhou dois prêmios Canon Brasil, o Prêmio aMore e foi selecionado entre os cinco melhores ensaios do gato Felix Schoeller Photoawrds. retrato

Além de fotógrafo, trabalha como professor em oficinas e conferências em escolas de fotografia (CIS Madalena, Galeria Alma) e nas principais universidades brasileiras (UFRJ, FMU, UFBA, UFC, etc ...).

A exposição nas prisões brasileiras APAC, organizada pela ONG AVSI, "Do amor você não foge", depois de Rimini, Milão, Madri está em exibição em Lisboa.

Atualmente, Veneri está em exibição com outras três exposições: "As Monxtras" Arci di Trento ", Mare. Entre sagrado e profano "em Porec, Croácia" e "Extremos Cotidianos" na Galleria Civica-Mart em Rovereto. Em março de 2019, ele inaugura "Interiores da Maré" na Brown University (EUA).

 

Alguns links de trabalhos publicados:

 

http://www.vice.com/pt_br/read/indios-tapeba-ceara-terras

http://www.nationalgeographic.it/wallpaper/2016/08/04/foto/gruppi_di_famiglia_in_interno_di_favela-3190347/1/

http://viajeaqui.abril.com.br/materias/complexo-da-mare-vida-em-comunidade

http://www.nationalgeographic.it/fotografia/2014/05/14/foto/salvador_de_bahia_citt_al_femminile-2141359/1/?ref=fbng

https://www.cartacapital.com.br/revista/965/onde-esta-o-valter?_authenticator=2a3403f841034e6aa367477f788cb01d58ed1b6d

http://www.vice.com/pt_br/read/salvador-um-paraiso

http://www.cartacapital.com.br/revista/914/atletas-da-realidade-no-complexo-da-mare

http://www.yorokobu.es/retratos-de-la-favela-en-la-intimidad/

http://www.vice.com/pt_br/read/interiores-da-mare

http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/24871-lixao-de-iguatu#foto-388620

http://www.nationalgeographic.it/fotografia/2013/05/05/foto/rio_de_janeiro_il_carnevale_per_tutti-1643168/1/

http://www.repubblica.it/persone/2013/07/18/foto/foto_missionario_brasile-63222973/1/#1

http://www.thepostinternazionale.it/mondo/brasile/la-capoeira-patrimonio-dell-umanit

http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/30641-lbum-de-viagem

http://www.agoramagazine.it/it/interviste/antonello-veneri-il-fotografo-invisibile-della-bellezza-degli-invisibili.html

http://paratyemfoco.com/portfolios/antonello-veneri/

http://www.vice.com/pt_br/read/queima-das-espadas-de-sao-joao

http://www.vice.com/pt_br/read/por-que-pessoas-estao-ficando-desabrigadas-e-casares-estao-sendo-demolidos-no-centro-de-salvador

http://www.vice.com/pt_br/read/interiores-da-mare